Aula de zumba melhora qualidade de vida, diz estudo

Imagem retirada de https://kangaroo.pt/zumbafitness/
Imagem retirada de https://kangaroo.pt/zumbafitness/

Você quer emagrecer, mas não gosta de musculação? Calma! Esta não é a única forma conquistar o corpo desejo. Uma excelente alternativa é a aula de zumba. O exercício mistura movimentos aeróbicos já conhecidos de quem faz atividade física com ritmos e coreografias latinas, como a salsa e o merengue.

Um recente estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Granada, na Espanha, descobriu que ir a três aulas de zumba por semana pode dar mais disposição às pessoas e aumentar a qualidade de vida. Eesse impacto positivo pode prolongar-se por dois meses. A pesquisa foi publicado no Health Education Journal.

Como foi feito o estudo
Para a análise, os cientistas selecionaram 60 pessoas sedentárias que tiveram participar de um curso de cinco semanas de zumba. Eles fizeram uma hora de aula, três vezes por semana.

O objetivo da investigação era determinar o impacto da rotina da aula de zumba sobre a qualidade de vida ao longo do tempo. Este conceito amplo foi dividido em: estado social, emocional, físico, dor corporal, funcionamento físico, vitalidade, saúde mental e saúde geral dos participantes.

Resultados
Os resultados mostraram que a aula de zumba melhorou a qualidade de vida para os participantes como um todo, especialmente em relação ao aspecto emocional. A influência positiva da dança permaneceu por dois meses após o término do experimento, com a maioria das dimensões acima dos níveis registrados no início.

O próximo passo dos pesquisadores é fazer um estudo mais amplo, com um número maior de voluntários e por um período superior.

Além disso, a zumba é um prato cheio para quem procura emagrecer: cada aula com duração de uma hora pode queimar até 1.000 calorias. Contudo, os resultados podem demorar mais ou menos dependendo do nível de intensidade com o qual o aluno faz as aulas e do preparo físico de cada um.

Fonte: Minha Vida

qrc:///tray_popup/win/index.html#