Autoaceitação pode reduzir sentimentos negativos: entenda

Imagem retirada de: https://3.bp.blogspot.com/-Vnj3uOJZMtY/Wf8Nn7vwEoI/AAAAAAAAAj0/uSow6wSoMhYm4Vgq5tHkd8wXjZrvRnvmACEwYBhgL/s1600/autoaceita%25C3%25A7%25C3%25A3o_.jpg
Imagem retirada de: https://3.bp.blogspot.com/-Vnj3uOJZMtY/Wf8Nn7vwEoI/AAAAAAAAAj0/uSow6wSoMhYm4Vgq5tHkd8wXjZrvRnvmACEwYBhgL/s1600/autoaceita%25C3%25A7%25C3%25A3o_.jpg

Experienciar sentimentos negativos faz parte da vida. Contudo, é difìcil aceitar a existência deles. Muitas vezes, acabamos nos cobrando excessivamente para que eles sumam. Porém, segundo um estudo publicado no Psychology Today, a maior arma contra a tristeza e angústia é a autoaceitação.

Segundo os pesquisadores, ao aceitarmos que nem sempre estaremos felizes, potencializamos nossa saúde mental e reduzimos humores negativos. Isto não significa que você deve se contentar e apenas aceitar a infelicidade, mas sim experienciar e refletir sobre as sensações ruins, sem se autodepreciar.

Como o estudo foi feito

Mil indivíduos foram entrevistados em relação às suas emoções. Ao relatarem a aceitação de seus sentimentos negativos, os participantes sentiram redução em sintomas de depressão e ansiedade.

A autoaceitação se mostrou eficiente até mesmo em situações onde os participantes estavam passando por psicoterapia comportamental.

Maneiras de se auto aceitar

Segundo as psicólogas Monica Machado e Wanessa Moreira, a autoaceitação acontece gradativamente. Entretanto, com algumas atitudes diárias, é possível aceitar a si mesmo, alcançando um maior bem-estar. Veja a seguir:

1. Identifique e valorize as próprias conquistas

Diariamente nós conquistamos coisas em nossa vida, mas é comum acreditarmos que somente grandes acontecimentos merecem ser reconhecidos. No entanto, cada conquista, por menor que seja, foi obtida a partir de uma vontade de fazer com que as coisas aconteçam, colocamos um pouco de nós em tudo que realizamos e devemos nos lembrar disso.

2. Lembre-se que você não precisa alcançar a perfeição

Estabelecer uma relação de aceitação com o erro e ao invés de culpar, tentar aprender algo com a situação contribui para fortalecer a essência e espontaneidade que é inerente a nós. Na vida, por mais que se esforce, ninguém tem o controle do que vai acontecer. Mas ao ressignificar a ideia de "preciso fazer tudo perfeito" para "vou fazer o meu melhor", é possível se abrir às possibilidades que surgirão para cada um.

Fonte: Minha Vida

qrc:///tray_popup/win/index.html#