Caldo de cana engorda? Veja benefícios e efeitos no corpo

Imagem: Stock-image
Imagem: Stock-image

O caldo de cana, também chamado de garapa, é o líquido extraído da cana-de-açúcar no processo de moagem. Possui gosto muito doce, aroma de fermentação e coloração verde-escuro.

É encontrado em abundância no Brasil, tem custo baixo e suas propriedades são similares ao açúcar refinado, mas com quantidades diferentes, o que o torna fonte de benefícios ao corpo.

É também o caldo de cana que dá origem aos diferentes tipos de açúcares de cana, como o açúcar demerara e o mascavo, como explica a nutricionista Iomara Isidorio Cavalcante, do Hospital Albert Sabin.

Além deles, também faz parte da produção de bebidas alcoólicas como a cachaça e o rum, combustíveis como o etanol e ainda subprodutos como a rapadura, o melado e fibra de cana.

Caldo de cana engorda?
De acordo com Angélica Grecco, nutricionista do Instituto Endovitta, e Ana Paula Pereira, coordenadora de nutrição da Casa de Saúde São José, é importante estar atento ao excesso de caldo de cana, porque ele pode comprometer a dieta de quem quer emagrecer.

Entretanto, assim como qualquer alimento ou produto, isoladamente ele não engorda, como afirma a nutricionista Iomara. Se consumido moderadamente, "ele pode ser uma fonte de energia bem interessante, sem grandes picos de insulina no organismo", completa Ana.

Faz mal de alguma forma?
Como toda a alimentação, é importante dosar a ingestão de carboidratos e açúcar, porque pode trazer alguns problemas de saúde. Não é diferente no caso do caldo de cana.

Devido à grande quantidade de carboidrato, em excesso ele pode provocar obesidade, diabetes tipo 2 e acúmulo de gordura no fígado, por exemplo.

Dá sono?
Não existem indícios de que o caldo de cana cause sono. Na verdade, a especialista Ana explica que um grupo de pesquisadores da Universidade de Tsukuba, no Japão, fez um experimento com ratos e descobriu que a bebida pode restaurar o sono.

A pesquisa revelou que a substância octacosanol, presente em diversos alimentos, inclusive na cana-de-açúcar, pode auxiliar a ter uma boa noite de sono e também reduzir o estresse.

Segundo a nutricionista Iomara, ela faz isso justamente porque diminui os níveis de corticosterona, um hormônio que é um marcador de estresse no plasma sanguíneo de alguns animais.

Benefícios do caldo de cana
- Fortalece de dentes e ossos
- Tem ação desintoxicante
- É fonte de energia
- Auxilia no sistema imunológico
- Auxilia na função hepática
- Atua como diurético
- Auxilia na prisão de ventre
- É bom para quem treina
- Melhora processos inflamatórios
- Tem ação antitrombótica
- Tem ação antioxidante
- É um excelente substituto de bebidas gaseificadas
- Previne dor de garganta e gripe

Fortalecimento de dentes e ossos
A cana-de-açúcar é muito rica em cálcio, mineral que compõe a estrutura de nossos ossos. Por isso, o caldo de cana é muito indicado para quem tem deficiência desse mineral no organismo.

Ação desintoxicante
O suco da cana-de-açúcar é um ótimo desintoxicante e pode funcionar quase com um suco detox, pois ajuda a eliminar as impurezas do corpo. Além disso, também serve como um acelerador de metabolismo.

Fonte de energia
Por conter uma boa quantidade de glicose, essa bebida é ótima para tomar depois de um exercício intenso, já que ajuda na hidratação.

Auxilia no sistema imunológico
Um copo de caldo de cana pode ajudar a aliviar a irritação da garganta e melhorar a imunidade.

Auxilia na função hepática
Quando o fígado não consegue processar a bilirrubina de forma eficiente, o excesso se acumula no organismo, causando o amarelamento da pele. O caldo de cana pode ser ministrado para ajudar na recuperação do fígado.

Atua como diurético
Por ser um diurético, o caldo de cana é muito indicado para quem tem infecção urinária e até mesmo pedras nos rins.

Auxilia na prisão de ventre
Além de todos esses benefícios, o caldo de cana também funciona como um laxante, ajudando na prisão de ventre e dores de intestino.

É bom para quem treina
Pode ser um grande aliado ao treino nosso de cada dia. Além de barato, é altamente energético, hidratante, excelente fonte de sacarose e não contém proteínas ou gorduras.

Pode ser bebido tanto antes, para dar energia, como depois do exercício, no lugar de uma bebida esportiva ou substituir os sachês de gel de carboidratos. Após a prática, ele ajuda a evitar a fadiga, mantém a massa muscular e repõe vitaminas e minerais.

Propriedades nutricionais
O caldo de cana possui cerca de 123 calorias, sendo 30,75 gramas só de açúcar (em uma porção de 150 mL).

É rico em minerais, principalmente ferro, cálcio, potássio, sódio, fósforo e magnésio. Também é rico em vitaminas do complexo B, vitamina C e vitamina A.

Além disso, contém muitos carboidratos, como sacarose, glicose, frutose, amido; proteínas e ácidos graxos.

Quanto e quando consumir
O consumo diário deve ficar entre 100 e 150 mL de caldo de cana e sempre logo após a moagem, quando ele ainda mantém todos os seus nutrientes, aconselha a nutricionista Iomara.

Segundo a nutricionista Ana Paula Pereira, para quem pratica atividade física, é importante consumir até duas horas após o treino, considerando as necessidades nutricionais de cada pessoal.

Contraindicações do caldo de cana
Ele é contra indicado para diabéticos, devido seu alto índice glicêmico. Além deles, pessoas sedentárias, obesas e com resistência à insulina não devem consumir a bebida.

Fonte: Minha Vida, escrita por Patrícia Beloni

NaturalSPA
qrc:///tray_popup/win/index.html#