Estudo revela melhor dieta para emagrecer e manter o peso

Imagem: Depositphotos
Imagem: Depositphotos

Estudo divulgado pelo "American Journal of Clinical Nutrition" chegou à conclusão de que existe uma melhor dieta para emagrecer. Os resultados vieram a partir da análise da perda de peso de pacientes que testaram três das principais dietas: o jejum intermitente, a dieta paleolítica e a dieta mediterrânea.

De acordo com a pesquisa realizada pela Universidade de Otago, na Nova Zelândia, as dietas foram distribuídas segundo o desejo dos 250 participantes e com a intenção de que eles seguissem sem ajuda de um nutricionista.

Nesse cenário, 54% das pessoas escolheram o jejum intermitente, enquanto 27% escolheu a paleo e 18% optou pela dieta mediterrânea. Ao longo do período proposto, houve desistências, e a dieta mediterrânea teve a maior taxa de retenção (57%).

Depois de cerca de 1 ano, a quantidade média de peso perdida pelos pacientes que continuaram foi diferente em cada participante para cada uma das três dietas. Os valores para cada uma são:

- 4kg para jejum intermitente
- 2,8kg na dieta paleolítica
- 1,8kg na dieta mediterrânea

E, apesar desses resultados, foi a dieta mediterrânea que se mostrou a de melhor adaptação, já que foi a que teve menor taxa de desistência. Além disso, auxiliou na redução da pressão arterial e dos níveis de açúcar no sangue.

Portanto, é considerada a melhor dieta para emagrecer. E, de acordo com os estudiosos, os a eficiência da dieta vem do fato dela ser considerada uma dieta sustentável.

"Mas é importante lembrar que, assim como a dieta mediterrânea, as dietas de jejum intermitente e paleo também podem ser válidas para uma alimentação saudável", diz a coautora do estudo Melyssa Roy.

Isso porque a melhor dieta é sempre aquela que inclui alimentos saudáveis e que combina com o perfil de cada indivíduo.

O que é a dieta mediterrânea
A dieta mediterrânea consiste em um plano alimentar baseado na alimentação dos países banhados pelo mar mediterrâneo. Sua base é o azeite de oliva extravirgem, castanhas, peixes, grãos, iogurtes, queijos e vegetais. Também exclui alimentos industrializados e carnes vermelhas.

Benefícios da dieta mediterrânea
-  Proteção cardiovascular
- Cérebro blindado
- Ajuda a prevenir o diabetes
- Melhora da prisão de ventre
- Protege contra o câncer

Fonte: Minha Vida

NaturalSPA
qrc:///tray_popup/win/index.html#