Exercícios que queimam as calorias do panetone

O Natal sem ele ficaria sem graça e sem sabor: o panetone. Os sabores estão cada vez mais variados, do trufado, ao recheado com nozes ou doce de leite. Mas os tradicionais, de frutas cristalizadas e o de chocolate, mais conhecido como chocotone, ainda são os mais pedidos. O único porém é que essas delícias enchem o seu dia de calorias e o corpinho de quilinhos a mais. O panetone simples tem aproximadamente 280 calorias e o de chocolate, 350 calorias. Isso significa que consumindo uma fatia você está ingerindo uma boa parcela de calorias da sua alimentação diária.

De acordo com a personal trainer Teresa Passarella, os melhores exercícios para queimar a gordura são aqueles que podem ser realizados de forma contínua e envolvendo uma maior quantidade de grupos musculares, especialmente os músculos maiores, como as pernas e os quadris.

A combinação de uma dieta que vise a perda de peso aliada ao aumento da tonificação muscular possibilita uma diminuição de gordura ao redor do músculo.

O resultado? Seu corpo mais durinho e seu metabolismo trabalhando muito mais rápido.

Não existe o "melhor" exercício para queimar os quilos extras.

O fato de você mexer o corpo em suas atividades favoritas já contribui (e muito!) para você torrar as calorias consumidas do seu panetone predileto.

"A chave da questão é o movimento! Para queimar gordura, você tem que usar seus músculos; e para usar seus músculos você tem que se movimentar. Qualquer exercício é o ideal. Porém, quanto mais músculos você usar e quanto mais contínua for a atividade, mais gordura você irá queimar", ressalta a personal trainer Teresa Passarella.

Acelere o passo!
A personal trainer deixa claro que o segredo para obter os melhores resultados é a intensidade. A intensidade na realização dos exercícios, além do tempo de duração deles, define o quanto iremos queimar. Ela se define pela freqüência cardíaca mais elevada, máxima ou sub-máxima, e sendo estimulada durante o treino.

Um exemplo é uma corrida na esteira em que a freqüência deve estar entre 65% a 75% dos batimentos, um meio-termo entre um trote leve e uma corridinha. Mas lembre-se: "antes de praticar qualquer exercício e se esforçar no limite, é importante ter o aval de um médico especializado", diz Teresa.

Fonte: Minha Vida

qrc:///tray_popup/win/index.html#